segunda-feira, 20 de outubro de 2014


10 coisas que você (provavelmente) 
Não sabia sobre Iggy Azalea
Tudo Sobre Iggy Azalea
A rapper Iggy Azalea surgiu do nada, depois de chamar atenção com sua boa música, a loira conseguiu dois singles nos primeiros lugares da Billboard Hot 100, antes disso o mundo nem sabia que ela era. Mas agora você vai saber algumas coisas sobre Iggy. Confira…

1. Iggy é australiana

Iggy Azalea 2014
Iggy Azalea cresceu numa cidade pequena, chama Mullumbimby, na Australia, de onde veio esse sotaque forte das suas rimas. Ela descobriu o hip-hop pela internet ainda na adolescência, sendo influenciada por artistas como Missy Elliot e Tupac, principalmente porque não existe artistas de rap onde ela vivia.

2. T.I. é seu mentor

O rapper T.I. fez Azalea parte de seu elenco na Grand Hustle, seu selo. Apesar de alguns atritos, a relação entre os dois artistas é benéfica para ambas as partes. Os atritos surgem por T.I. ser muito protetor.
“Eu sempre aceito os conselhos do T.I. … É que as vezes é um pouco frustante para mim, porque as pessoas dizem que ele dita o meu som ou como eu faço minha música. E para qualquer artista, isso é frustante. Sim, T.I. é meu parceiros e eu realmente respeito muito, e se ele me dá uma opinião é claro que eu vou ouvi-lo.” ela disse a declaração durante uma entrevista na rádio (The Breakfast Club).

3. Eggy se mudou para os EUA com 16 anos

Como dito em “Work”, Azalea se mudou para os Estados Unidos sozinha com 16 anos para tentar a carreira de rapper, chegando primeiro em Miami, depois viajando para Atlanta e Los Angeles. Ela já falou em entrevista (à Chelsea Handler) sobre as dificuldades de ser uma adolescente solitária, e de como a distância da família a afetou psicologicamente.
“Eu achava que Florida era pra mim… Eu achava que ela um estado que eu deveria ir.” ela disse. Ela desistiu da escola na Australia e se mudou para os EUA e começou a trabalhar fazendo faxina.

4. Ela compartilha um record com os The Beatles.

Iggy Azalea para Billboard 2014
Sim, sim!! E isso nós contamos aqui: Iggy Azalea é número 1 com Fancy e se iguala aos Beatles na parada da Billboard.

5. A carreira de Iggy Azalea foi lançada com uma música chama Pu$$y.

Com um vídeo bem explícito e engraçado, Pu$$y virou um viral em 2011, simplesmente por ser gravado nas ruas de Los Angeles e incluir um garota branca e loira fazendo rimas com um sotaque estranho. A música acabou trazendo um gostinho do que viria marcar o mundo do hip-hop. O vídeo rendeu a Iggy, uma matéria para a Billboard, o contato com o rapper T.I. e um contrato de moda com a Wilhelmina Models.

6. Uma rixa no Twitter com outra Azealia quase acabou com sua carreira.

Iggy Billboard
Depois do progresso causado por “Pu$$y” tudo desmoronou com uma rixa com a rapper Azealia Banks, quando Banks foi tomar satisfação com a música “D.R.U.G.S.” de Iggy, onde ela achava que continha letras preconceituosas e racistas.
De acordo com a Billboard, Iggy trocou inúmeras palavras de desafeto com Banks tanto no Twitter quando na imprensa. Quando relutantemente foi forçada a pedir desculpas, depois da gravadora Interscope não aceitar assinar contrato com ela.

7. Iggy já foi violentada em um show

Iggy Azalea na Billboard
Azalea tem sido bem franca quando fala sobre sexismo na indústria do hip-hop. Ela falou sobre o espaço para as mulheres: “Eu só consigo escutar uma mulher rapper por vez no rádio.” ela disse. Perguntada sobre o respeito nos shows, ela disse que teve que colocar barricadas nos seus shows porque “as pessoas tentam meter o dedo em mim.”

8. Ela é envolvida com o Mundo da Moda

Iggy Azalea 2014 Billboard
Iggu pode ter um dom para letras explícitas, mas ela também tem um lado mais elegante levando sua imagem através de marcas da Indústria da Moda.

9. Seu primeiro álbum The New Classic também quebrou records

Iggy Azalea é a primeira mulher a ter um álbum Rap em número 1. O álbum faz homenagens a clássicos raps das décadas de 80 e 90 enquanto traz o novo som de 2014. Veja o que ela disse sobre o álbum à Billboard:
“Com The New Classic, eu quero que as novas gerações possam olhar para trás e percebam onde nós estamos hoje e que digam um dia ‘Eu queria ser jovem em 2014′.  Eu venho de uma era onde parece que ninguém acha nada clássico. Mas meu álbum diz para pessoas da minha idade ‘Não desvalorize o que pode ser culturalmente significante – porque nós poderemos ser”.

10. Ser uma Rapper Mulher e Branca ajudou e atrapalhou

Iggy Azalea tem uma história bem diferente dos rappers convencionais o que traz dois lados de uma moeda: Interesse; as pessoas acabam se interessando pela cantora porque ela é incomum. Críticas; muitos tem a opinião de que uma rapper da Australia não poderia rimar com autenticidade. Será mesmo que uma garota de 16 anos atravessaria um oceano para virar uma cantora de rap fake? Difícil de acreditar!