quarta-feira, 15 de outubro de 2014

 TOP 5: no Dia do Professor, conheça os 
Piores mestres das telonas!
Veja quem são os professores que você não aguentaria assistir uma aula. Na lista, de Severus Snape de "Harry Potter" à Elizabeth Halsey, papel de Cameron Diaz em "Professora Sem Classe".
É Dia do Professor e você está em casa descansando nesse feriado. Muitas vezes os alunos acabam reclamando dos professores que tem e como eles conseguem ser chatos ou até pior: irritantes!
Para deixar vocês felizes com os professores que têm, o Purebreak reuniu os nomes dos piores professores do cinema que um aluno poderia ter. Então dá próxima vez que você for reclamar dos seus mestres, lembre que poderia ser muito pior!
Severus Snape - "Harry Potter"
O professor de Poções de Hogwarts pode ter feito todas as escolhas erradas na vida, mas nada justificava o ódio dele pelos alunos de qualquer outra Casa que não fosse a Sonserina. Alan Rickman interpretou um Snape inesquecível ao tirar pontos dos alunos por nenhum motivo, mostrar ter estudantes preferidos e implicar a torto e a direito com o protagonista dos filmes, Harry Potter, interpretado por Daniel Radcliffe.
Elizabeth Halsey - "Professora sem Classe"
Interpretada por Cameron Diaz, a professora recém-abandonada por seu noivo volta a dar aulas de maneira pouco correta. Em todas as suas aulas ela passa filmes, não tem paciência pra explicar, dorme e ainda bebe! Sem esquecer que quando tem algum tempo, ela aproveita pra fumar maconha. Depois disso, ela decide investir em Scott Delacorte, papel de Justin Timberlake, um rico professor, para subir na vida e não precisar trabalhar. Nada de bons exemplos com ela, não é verdade?
Dewey Finn - "Escola de Rock"
Jack Black como professor já é sinônimo de confusão. Dewey é um excelente professor de Rock, ensina os alunos sobre as bandas e as histórias por trás de cada uma, e além disso ensinava a eles como se tocar instrumentos. Tudo bem que foi por uma boa causa, mas essa não era a função dele. O cara trapaceou um amigo e foi dar uma de professor substituto num colégio particular. Óbvio que ele não sabia dar aulas. A palavra ética certamente fugiu do dicionário dele.
Richard Vernon - "Clube dos Cinco"
O diretor e professor de um colégio de ensino médio é o "vilão" do filme. Cinco alunos estão em detenção na biblioteca da escola e estão sendo vigiados pelo cara, que além de tudo não permite que eles conversem ou se mexam das cadeiras. Como punição por terem se comportando mal nas aulas, manda que cada um escreva um texto de 1000 palavras. É claro que muita confusão acontece entre os alunos e o professor.
Ed Rooney - "Curtindo a Vida Adoidado"
O cara é um perseguidor maníaco. Não satisfeito com a ligação - mesmo que mentirosa - do pai de Ferris Bueller (Matthew Broderick) avisando que seu filho não poderia ir à aula porque estava doente. Assim, o professor decide investigar a situação a fundo. Ele ainda tenta invadir a casa da família Bueller para provar que Ferris não estava de fato doente. Desses malucos é bom correr mesmo!