quarta-feira, 12 de novembro de 2014


8 recados que você pode passar usando 
As músicas de 1989, da Taylor Swift
Como todo trabalho de Tay, 1989 é cheio de frases perfeitas
Não me venha com essas desculpinhas baratas: "Band-aids não curam buracos de bala". (Bad Blood)
É difícil, mas no final dá certo: "Estávamos predestinados a cair aos pedaços, e nos unimos novamente (novamente)". (Out of the Woods)
Você me deu um pé na bunda, mas vai se arrepender:"Um dia, quando você me deixar. Aposto que essas memórias seguirão você em toda parte". (Wildest Dreams)
Recadinho pras invejosas: "Os haters vão odiar, odiar, odiar, odiar, odiar". (Shake It Off)
Isso não vai dar certo, mas quero mesmo assim: "Esse amor é tão bom. Esse amor é mau". (This Love)
Perdeu, playboy: "Agora você vê que quer isso de volta. Agora que é tarde demais". (All You Had To Do Was stay)
Fiz a louca, desculpa: "Queria não ter desligado o telefone do jeito que desliguei". (I Wish You Would)
Ainda estou apaixonada: "Você ainda está em mim. Como um vestido manchado de vinho que não posso mais usar". (Clean)