sábado, 8 de novembro de 2014


Selena Gomez fala sobre polêmico Videoclipe e Justin Bieber
A cantora conversou com Ryan Seacrest sobre “The Heart Wants What It Wants”
selena gomez em entrevista com ryan seacrest
Foto: Reprodução/Youtube


Selena Gomez voltou com tudo! Depois de lançar o videoclipe “The Heart Wants What It Wants”, onde aparece logo no início fazendo um superdesabafo, a cantora soltou a língua em uma entrevista para Ryan Seacrest.
A FX traduziu os principais trechos para você, confira:
É um dia muito importante. É uma conversa muito importante pra se ter. Sobre o começo do videoclipe, este diálogo, essa conversa é Selena por ela mesma. Aquilo é muito “assustadoramente” vulnerável. Você foi em uma sala sozinha e ligou o microfone?
Selena: Sim, eles colocaram o microfone por baixo da mesa quando eu estava filmando o clipe e eu o filmei há exatamente um ano atrás, naquele estado que eu estava, naquele lugar emocional. E aí eu entrei na sala sozinha e eu olhei para o espelho que foi usado no videoclipe. E eu tive uma conversa comigo mesma, sobre cada questão que havia na minha cabeça naquele momento e, nossa, esse sentimento muda tudo! E não tem como evitar, simplesmente aconteceu, e aí eu peguei alguns trechos e funcionou perfeitamente sobre o momento em que eu vivia.
Ryan: Obviamente a música é sobre o seu relacionamento com o Justin, não há segredo sobre isso. Você está nervosa em deixar todo mundo por dentro e deixar todo mundo ouvir exatamente o que está se passando na sua mente e no seu coração?
Selena: Por quê? Todo mundo quer formar sua própria opinião de qualquer jeito.
Ryan: É isso que eu estava pensando. Você sentiu que estava precisando se explicar – porque isso é tão comentado na mídia?
Selena: Eu acho que o maior problema que eu tive esse ano, mesmo com relação ao Justin, é identidade. Eu tinha 21 anos, fiz 22, eu estava tentando descobrir o que eu estou fazendo e foi a primeira vez que eu estava sendo constantemente agredida por fazer isso – quando eu não sabia, eu só queria dizer ‘isso é o que eu quero, é este o lugar em que estou, as coisas mudam na minha vida profissional, na minha vida pessoal, meu coração, tudo’. E as pessoas simplesmente falavam ‘tudo bem, isso é o que NÓS achamos’. E sim, eu tomei algumas decisões que não eram ótimas também, e ele também, é é aí que eu penso que nós só passamos por tudo isso para nos tornarmos melhores. Ele ouviu a música, ele assistiu ao clipe… E é algo que eu acredito que as meninas têm que ouvir, e é algo que eu tenho vontade de compartilhar com as pessoas.
Ryan: O que Justin disse para você depois de assistir ao clipe? E depois que ele ouviu a música pela primeira vez?
Selena: Ele achou bonito. Acho que foi muito difícil no começo. Ele ficou com um pouco de ciúme do cara do vídeo (risos). Não, de verdade, música é uma forma de expressão. Pra mim, poder ser essa voz para essas garotas… existem tantas pessoas que sentem isso. Isso é universal.
Ryan: Não são só meninas, caras também sentem isso. O cérebro diz tudo o que você deveria fazer, até que este outro órgão domina e faz você fazer coisas. Qual a resposta para isso? Quem nós deveríamos ouvir, nosso coração ou nossa cérebro?
Selena: Eu acho que nós sempre vamos ter que fazer essa escolha, não importa a sua idade. Você vai fazer uma coisa e pensar que pode ser certo ou errado, mas você simplesmente vai pagar pra ver e esperar que o melhor aconteça.
Ryan: Você disse que gravou esse clipe há um ano. O que aconteceu durante esse ano? Você pensou em lançá-lo antes, mas voltou atrás?
Selena: O vídeo deveria ter sido lançado três vezes. E por coincidências ou por mudanças, simplesmente não aconteceu.
Ryan: Mudanças na sua vida? Na sua vida real?
Selena: Sim, e também é um passo para eu saber o que eu estava prestes a contar e que eu deveria contar isso quando eu estivesse pronta. E eu acho que, depois desse ano, é o jeito perfeito de terminá-lo… é a forma perfeita de finalizar um capítulo, de certa forma. É isso o que eu vou dizer sobre cada uma das pessoas que vão me julgar por cada decisão que eu tomei, por cada pessoa que está sendo julgada por algo que ela fez. E agora eu só quero liberar isso e continuar pra frente, e trabalhar em coisas, e ter todo o meu foco voltado no que eu amo, em me divertir, em novas músicas, em um novo capítulo da minha vida. Estou empolgada.
Ryan: Este capítulo terminou? Você acha que este é o final do livro?
Selena: Eu acho que, de muitos jeitos, eu estou em paz agora. Houve uma luta para descobrir se era certo ou errado, e eu não sei o que o futuro reserva, e é exatamente isso que eu digo na música.
Ryan: O que você acha que você aprendeu? Eu sei que você passou muito tempo refletindo sobre quem você é. Quando você acorda de manhã, o que você pensa que não sabia antes?
Selena: Como me amar primeiro. E não só em um relacionamento, mas na minha vida cotidiana. Eu me entrego demais, eu deixo as pessoas me puxarem para todos os lados, e eu quero que todo mundo seja feliz. E no fim eu ficava no meu banheiro soluçando antes de subir ao palco, e depois eu simplesmente me colocava lá porque eu queria fazer isso por aquelas pessoas. Eu nunca tirei um momento para simplesmente sair, sabe? Fugir e ser eu mesma, e me descobrir, eu sempre me pressionava. E eu acho que o meu maior aprendizado foi que está tudo bem. Eu vou parar quando eu precisar parar, eu vou sentir o que eu preciso sentir, e eu não ligo para o que vem com isso e para o que as pessoas dizem. É normal. Eu deveria continuar seguindo em frente e é tudo o que eu quero fazer.
Ryan: Você quer agradar todo mundo?
Selena: Sim, claro.
Ryan: Quando ouvimos aquela conversa do vídeo, que na verdade é uma conversa destemida para se abrir assim… Quanto mais havia do que você disse? Porque ouvimos só alguns segundos daquilo.
Selena: Eu gastei uns bons cinco minutos…
Ryan: Porque eu sei que todo mundo está curioso: como é o seu relacionamento com o Justin agora?
Selena: Eu apoio ele. Eu acho que sempre vou apoiá-lo. Eu fico triste quando ele está triste, eu fico feliz quando ele está feliz.
Ryan: Você são próximos?
Selena: Aham. Eu não quero que nada de ruim aconteça com ele nunca, isso me machuca. É isso.
Ryan: Quem diria que você se apaixonaria tanto sendo tão nova, Selena Gomez? (risos) O que você vai fazer com o resto do tempo?
Selena: Eu não sei o que eu preciso! E-harmony é o próximo, pelo amor de Deus! (risos)
Para quem não sabe, logo no início do clipe, Selena chora muito e diz: ‘Quando eu estava no palco eu estava pensando em… eu me senti como se eu…se eu o conhecesse e eu conhecesse seu coração e eu sei que ele não faria nada para me magoar…mas aí eu percebi que eu estava me sentindo tão confiante, tão bem comigo mesma, e de repente me senti completamente devastada por uma coisa…por algo tão estúpido… mas aí você me fez sentir maluca, faz eu sentir como se fosse minha culpa eu estava sofrendo!’
Sel, bola pra frente!!!