sábado, 15 de novembro de 2014


Taylor Swift chama polícia após 
Susto com stalker em Nova York

Um fã obcecado teria cercado o prédio onde a cantora mora, na noite de quinta-feira (13)

Policiais vão á casa de taylor Swift (Foto: Splash News/AKM-GSI)
Taylor Swift passou por um susto na noite de quinta-feira (13) e precisou chamar a polícia até a frente de seu prédio, localizado em Tribeca, Nova York. Isso porque um stalker estaria fazendo campana no local, provavelmente para chegar perto da cantora.
Esta não é a primeira vez que Taylor Swift enfrenta problemas com stalkers. Em março deste ano, ela procurou a Justiça para pedir proteção legal contra um fã obcecado que estava atrás dela desde janeiro de 2011.Os polícias ficaram no local durante uma hora, em reunião com os seguranças pessoais de Taylor, até que o susposto perseguidor deixasse o local.
Chamado Timothy Sweet, o stalker envia milhares de e-mails e mensagens nas redes sociais declarando seu amor por Taylor. O fã declara ser casado com a cantora e ameaça de morte qualquer pessoa que aparecer no caminho deles. "Se alguém for morto não é minha culpa", diz um dos textos.
"Sou apaixonado por Taylor e nos tratamos com dignidade e respeito. Vou carregar uma arma para protegê-la pelo resto da minha vida", diz outra mensagem. "Querida Taylor, vou matar qualquer homem que ficar no caminho de nosso casamento", avisa outro recado.
Preocupada com as ameaças, Taylor Swift conseguiu uma liminar que obriga que Timothy Sweet fique a pelo menos 100 metros de distância da cantora e de três pessoas de sua família.