sábado, 30 de maio de 2015


Genética versus ambiente: finalmente uma resposta
genetica versus ambiente
Quando se trata do debate entre genética versus ambiente, de qual lado você fica? Bem, se você está em cimado muro, está certo, porque é um empate. Um estudo analisou quase todas as pesquisas feitas com gêmeos nos últimos 50 anos e descobriu que 49% da variação média dos traços humanos e doenças devem-se à genética, e os outros 51% a fatores ambientais.
“Há provas contundentes de que ambos os fatores genéticos e ambientais podem influenciar traços e doenças”, afirma o pesquisador Beben Benyamin, do Instituto Queensland Brain (QBI), na Austrália. “Os resultados mostram que, ao invés de olharmos para nós mesmos com uma visão de genética versus ambiente, temos que nos enxergar como o produto da natureza e da criação”, aponta.

Pesquisa abrangente

Trabalhando com pesquisadores da Universidade Livre de Amsterdã, Benyamin e sua equipe analisaram 2.748estudos clássicos envolvendo gêmeos – 14,5 milhões de pares – publicados entre 1958 e 2012. O estudo analisou comparações entre gêmeos idênticos, que têm a mesma composição genética, e gêmeos não idênticos, que dividem apenas metade de seus genes. Uma grande variedade de traços foi analisada – 17.804, exatamente, incluindo depressão e uso de tabaco. Imagina-se que traços ligados a gêmeos não idênticos tenham mais influência do meio ambiente, e vice-versa.
Enquanto em média a genética e o meio ambiente contribuíram igualmente para os traços de cada um, o estudo constatou grandes variações nas características individuais. Quando os investigadores analisaram o risco para a bipolaridade, por exemplo, 70% foi devido à genética e os outros 30% tinham a ver com fatores ambientais. No entanto, o risco para o desenvolvimento de desordens alimentares verificou-se ser 60% ligado ao ambiente e 40% genético.
Benyamin sugere que o estudo tem “implicações importantes” para o tratamento de doenças. Ele diz que, embora traços psiquiátricos, oftalmológicos e esqueléticos tenham uma maior influência genética, fatores ambientais desempenham um grande papel em valores sociais. Fatores genéticos, no entanto, têm uma influência, embora por vezes pequena, em todos os nossos traços.