quinta-feira, 11 de junho de 2015


10 Atores que morreram e foram milagrosamente
Recriados em filmes com efeitos especiais
atores-trazidos-de-volta-efeitos-especiais
Paul Walker e Philip Seymour Hoffman fazem parte de um grupo de atores que não pararam de trabalhar, mesmo depois de estarem mortos. – Imagem: Montagem/ BBC
As mortes súbitas de Paul Walker e Philip Seymour Hoffman ocorreram quando ambos estavam envolvidos com filmagens de projetos futuros. Como resultado, os próximos filmes “Velozes e Furiosos 7″ e “Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 2″ vão usar efeitos especiais que substituirão e recriarão os próprios atores nas telonas.
Parece até papo de louco, mas isto acontece e vem acontecendo cada vez mais em Hollywood. Os dois aí da imagem de cima não são as únicas duas estrelas cujas mortes forçaram Hollywood a usar uma mistura de CGI com efeitos especiais para terminar um filme. Veja 10 exemplos incríveis de recriação com efeitos especiais a seguir.

1. Ator: Philip Seymour Hoffman – Filme: Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 2 (2015)
atores-trazidos-de-volta-efeitos-especiais_1
Cena de Philip Seymour Hoffman como Plutarch Heavensbee em Jogos Vorazes: Em Chamas (2013) – Imagem: AP Photo/Lionsgate, Murray Close
A morte de Philip Seymour Hoffman no início deste ano deixou os fãs de “Jogos Vorazes” curiosossobre o que vai acontecer com as cenas de Hoffman na continuação do filme de 2015, “A Esperança – Parte 2″. A Lionsgate planeja recriar digitalmente o personagem de Hoffman, Plutarco Heavensbee, o que permitirá que o filme seja concluído.
O supervisor de efeitos especiais, o veterano Rob Legato, disse ao The Hollywood Reporter: “Enquanto a tecnologia atual permita que recriemos pessoas através de alguém semelhante, vai ser muito difícil recriar a capacidade de atuação de Hoffman.” O filme vai estrear 20 de novembro de 2015. [Fonte]

2. Ator: Oliver Reed – Filme: Gladiador (2000)
atores-trazidos-de-volta-efeitos-especiais_2
Em “Gladiador” (2000), Oliver Reed foi recriado digitalmente com efeitos CGI. – Imagem: Youtube
Para o épico “Gladiador” (2000), a equipe de efeitos especiais não só teve que recriar digitalmente o Coliseu romano, mas também o desempenho do ator Oliver Reed nas cenas finais usando CGI. O ator teve uma morte repentina enquanto o filme ainda estava sendo gravado. “Quando ele morreu, tivemos que recriá-lo, para dar sentido ao final do filme”, disse o supervisor de efeitos visuais Rob Harvey à BBC.
Além de CGI, as gravações de dublês corporais e performances de Reed de várias cenas de “Gladiador” foram sobrepostas, a fim de recriar as cenas. [Fonte]

3. Ator: Roy Scheider – Filme: Justice/Vengeance (2009)

atores-trazidos-de-volta-efeitos-especiais_3
Imagem: Reprodução/ MovieCityNews.com
O diretor Josh Newton e o maquiador Louis Lazzara tiveram um problemão nas mãos quando o ator Roy Scheider morreu durante as filmagens de “Justice/Vengeance” (2009), então tiveram que trazer o ator de volta à vida utilizando efeitos especiais e maquiagem. “É apenas uma cena, e isso seria feito usando imagens foto-realistas de Roy,” disse Newton ao Daily Mail sobre a cena. A família do falecido ator deu a permissão ao diretor de recriar Scheider usando CGI, enquanto o filme ainda estava em produção. [Fonte]

4. Ator: Bruce Lee – Filme: Jogo da Morte (1978)
atores-trazidos-de-volta-efeitos-especiais_4
Imagem: Reprodução/ IMDb
A morte de Bruce Lee foi um choque para a maioria dos fãs do ator de artes marciais Bruce Lee, e mais ainda para a equipe por trás de seu último filme de 1978, “Jogo da Morte”. A produção teve que descobrir qual a melhor maneira de recriar a principal estrela do filme, embora ele estivesse morto. A resposta foi encontrada em uma mistura de efeitos práticos, dublês corporais, e acredite se quiser, em uma das cenas usaram até mesmo um recorte do rosto de Lee colado num espelho[Fonte]

5. Ator: Brandon Lee – Filme: O Corvo (1994)
atores-trazidos-de-volta-efeitos-especiais_5
A cena acidental que ocasionou a morte do ator Brandon Lee morreu durante as filmagens – Imagem: Youtube
O filho de Bruce Lee, Brandon Lee também morreu tragicamente durante as produções de um filme. O acidente aconteceu no set de filmagem do filme “O Corvo” (1994). Uma arma havia sido usada durante um teste em um manequim, e a mesma cena seria repetida posteriormente nas gravações. O problema é que eles trocaram os cartuchos, usaram o cartucho falso para o teste no manequim, e um cartucho real acabou ficando na cena real, um erro que custou a vida do ator.
A produção do filme foi interrompida, mas depois acabou sendo retomada usando CGI e dublês corporais para finalizar as cenas do jovem ator para o filme. O filme foi mais tarde dedicado ao Lee e à sua noiva, Eliza.