terça-feira, 30 de junho de 2015


Dia 30 de junho terá um segundo
A mais – Saiba o motivo
segundo a mais rotacao da terra
Se você é o tipo de pessoa que acredita que cada segundo conta, prepare o seu psicológico para amanhã, terça-feira dia 30 de junho de 2015. Isso porque todos nós seremos presenteados com um segundo a mais.
Esse segundo a mais, chamado de segundo bissexto, pode causar estragos em toda a internet, mas, como a NASA explicou detalhadamente nesta semana, é essencial. Assim como acontece com o dia 29 de fevereiro em anos bissextos, esses segundos a mais servem para compensar a desaceleração na rotação do nosso planeta.
A maioria de nós vive no sólido mundo do tempo universal coordenado (UTC), no qual os dias da Terra são tratados como tendo precisamente 86.400 segundos. Mas, no mundo real, os dias não têm sido longos assim desde, aproximadamente, 1820. Isso porque um cabo-de-guerra gravitacional entre a Terra e a lua está fazendo com que a rotação do nosso planeta desacelere, tornando os dias um pouquinho mais longos conforme os anos passam. Hoje, a média diária é de aproximadamente 86.400,002 segundos de duração.

Contando os segundos

Você pode estar pensando: “Ok, isso é interessante, mas quem está, de fato, contando?”. Os cientistas, é claro! Os estudiosos monitoram com precisão quanto tempo leva para o nosso planeta completar uma rotação completa (isto é, um dia) usando uma técnica chamada Very Long Baseline Interferometry (VLBI). Ela envolve essencialmente confrontar dados a partir de uma rede mundial de estações a cada dia.
Os resultados nem sempre são previsíveis. A duração do dia, ao que parece, é influenciada por tudo, desde a atividade tectônica, passando pelas águas subterrâneas e até eventos como o El Niño.
Como a duração do dia conforme medida pelo VLBI praticamente não atinge 86.400 segundos, os cientistas criaram um segundo padrão de tempo, o Tempo Universal 1 (UT1), baseado na rotação exata da Terra. Quando o UT1 e o UTC ficam muito distantes um do outro, estes segundos a mais são adicionados para manter as duas escalas de tempo 0,9 segundo uma da outra. É por isso que, conforme a hora se aproxima da meia-noite de terça-feira, o relógio vai marcar 23:59:60 antes de chegar a 00:00:00 de 1 de julho.
Tente aproveitar ao máximo este segundo extra, mesmo se a internet tiver um aneurisma. Afinal, nem mesmo os cientistas mais brilhantes da Terra podem prever quando isso irá se repetir.