domingo, 7 de junho de 2015

Experiência da vida real: a diferença 
Que um simples chiclete pode fazer
geme
A experiência da vida real que você vai ver neste artigo foi encomendada por uma marca de chicletes – a Beldent (conhecida como Trident aqui no Brasil). Parece ser uma ação de comunicação, mas o resultado da experiência é independente da marca em si. A mensagem que o vídeo passa vai além de um simples comercial.
O vídeo a seguir mostra uma instalação artística em que alguns pares de gêmeos idênticos ficam lado a lado, como se fossem uma peça de museu. Eles estão vestidos de forma igual, e a única diferença entre eles é que um está mascando chiclete. Então, as pessoas que chegam perto dessa instalação são convidadas a se sentarem de frente para os gêmeos e colocarem um fone de ouvido.
Esse fone de ouvido começa a fazer várias perguntas, como “Qual desses dois parece ter mais amigos?”, “Qual desses dois parece ser convidado para mais festas?”, “Qual desses dois daria um aumento a você?”, e “Qual desses dois demitira você caso pedisse um aumento?”.
Curiosamente, os gêmeos que mascavam chiclete foram mais identificados com perguntas positivas, e os que não mascavam a goma foram identificados com as perguntas negativas – o que nos leva a crer que o simples fato de estar mascando um chiclete pode mudar completa e radicalmente a imagem que você passa de si mesmo.





De um jeito ou de outro, não tem como negar que a ideia é sensacional. E que, independente de essa ação funcionar da mesma forma para todas as marcas de chicletes (porque ela não ressalta um diferencial da marca, mas sim uma característica inerente ao produto genérico), tem um conceito muito bacana.
E você, concorda com essas impressões? Também acha que os gêmeos dos chicletes são mais descolados, mais legais e mais acessíveis do que os que ficavam com a boca parada? Ou seria a expressão séria dos gêmeos que causa a má impressão? O chiclete pode ajudar uma pessoa a relaxar e parecer mais divertida?