sábado, 19 de novembro de 2016

10 surpreendentes fatos sobre o Titanic que vão de deixar de cabelo em pé...

O náufrago do Titanic é, provavelmente, um dos acontecimentos mais conhecidos da história. Talvez seja por conta do drama vivido por tantas pessoas que perderam sua vida naquele mar frio ou pelo filme dirigido por James Cameron. Devido a uma sequência incrível de erros, 1505 pessoas ficaram para sempre por entre as estruturas do Titanic ou pelas águas de Terranova. O destino do Titanic parecia certo desde o início: a ostentação de luxo e poder e a ambição humana pelo domínio do mar conduziram todos a um trágico final.
Era o RMS Titanic um navio que pertencia à empresa White Star Line e fazia parte de um projeto de três transatlânticos que iam se destacar por seu tamanho, comodidade e velocidade. O trajeto do Titanic unia as cidades de Southampton, na Inglaterra, e Nova York, noa EUA. Um de seus objetivos era cruzar o Atlântico em um tempo recorde e é possível que isto tenha contribuído para seu naufrágio em 15 de abril de 1912. Estes são 10 fatos raros sobre aquele fatídico dia…

1. O padeiro bêbado

Charles Joughin, um padeiro que ia à bordo, estava nadando durante duas horas inteiras no mar antes de ser resgatado. A temperatura da água estava próxima dos zero graus centígrados o que torna sua sobrevivência praticamente um milagre. Como ele conseguiu fazer isto? Ele foi capaz de sobreviver graças a incrível quantidade de whisky que havia ingerido durante a noite. Em alguns casos, o álcool te ajuda de forma inesperada.

2. Salva-vidas e o afundamento

Embora o navio pudesse carregar até 64 botes salva-vidas, por questões estéticas só colocaram 20. Esta decisão poderia ter salvo a vida de 44 pessoas, mas os designers do barco priorizaram o visual. Por outro lado, o navio era tão grande que levou 2 horas e 40 minutos até que fosse inundado completamente. Você acha que neste intervalo de tempo poderia ter chegado a ajuda necessária? Possivelmente mais pessoas poderiam ter sido salvas.

3. Casais e orquestra

De acordo com arquivos referentes aos tripulantes, se sabe que treze recém casados embarcaram no navio apenas para encontrar um lamentável final. Foi uma pena terem a vida encerrada neste ponto, já que tinham tanto ainda pela frente… Se falarmos sobre os músicos, parece que eles não entenderam que o navio estava afundando e continuaram tocando mesmo no deck. Parece que não estavam prestando atenção no que estava acontecendo ao redor…

4. Um final traumático

Um dos passageiros que embarcou neste majestoso navio havia deixado para trás um trauma vivido em um barco que se incendiou e naufragou em 1871. Desde este momento ele não conseguiu subir em outro barco e se sentia inseguro sempre que estava em um porto. Finalmente ele decidiu enfrentar seu medo e subiu no Titanic junto de alguns amigos. Infelizmente, ele morreu porque ficou preso em sua cabine.

5. As vítimas

Do total de 2227 pessoas que iam a bordo, faleceram 1491. Se este fato sozinho já é lamentável é porque ainda não mencionamos sobre a recuperação dos corpos das vítimas. Apenas 328 corpos foram encontrados e todos os demais ficaram no fundo do oceano. Felizmente houve sobreviventes que puderam seguir sua vida. A última daqueles que resistiram ao acidente foi Milvina Deanue, falecida no ano de 2008.

6. A coragem de uma mãe

Todos temos noção das loucuras que uma mãe pode fazer por seus filhos. Pois bem, até nos momentos mais difíceis, ela daria sua vida pela de um filho. Rhoda Abbott, uma mulher que reservou uma passagem de terceira classe junto aos seus filhos, não tinha bote salva-vidas então se lançou ao mar com seus filhos na intenção de encontrar algo em que ela pudesse se agarrar. Infelizmente, ela não conseguiu segurar seus filhos por tanto tempo e eles afundaram no oceano. Ela sobreviveu.

7. O jornal e os lucros

Você sabia que o Titanic tinha seu próprio jornal a bordo? Ele era produzido e impresso para que os passageiros ficassem sabendo das notícias do país. Vários jornais foram recuperados e se encontram hoje em museus. Se falarmos sobre o filme, houve um lucro milionário. O suficiente para construir outros cinco navios como o Titanic.

8. Um cruzeiro de luxo

Este navio não era destinado a todos. Uma suíte de primeira classe poderia custar até 4.350 dólares, um preço inacessível para a maioria das pessoas. Você sabe quem era o passageiro mais rico da embarcação? Era Jacob Astor IV que tinha uma fortuna de 85 milhões de dólares. No entanto, todo este dinheiro e o fato de estar na primeira classe não lhe ajudou muito, já que ele também faleceu no trágico 12 de abril.

9. As instalações e um casal mal educado

Entre as instalações de luxo se encontrava um café, bibliotecas, piscinas, barbearia, jardins de chá e ambientes para fumantes. Era considerada uma grande sorte embarcar neste navio… Pelo menos até o dia em que ele afundou. Falando sobre mal comportamento no barco, um homem chamado Isidor Straus viajava com sua esposa no Titanic e no dia da tragédia seu bote salva-vidas não estava cheio, mesmo assim eles decidiram seguir em busca da salvação e não disponibilizaram o bote para outros tripulantes…

10. Os sobreviventes

No navio havia passageiros em três classes diferentes: primeira, segunda e terceira. Os que estavam na primeira classe possuíam mais luxo e tratamento preferencial na alocação de botes salva-vidas. Devido a isto 60% destes passageiros foram salvos. Mas não só humanos eram tripulantes do barco. 12 cachorros também formavam o cruzeiro e apenas 2 deles conseguiram voltar para casa.
Você gostou deste artigo? Se sim e quer ler mais conteúdos deste tipo, compartilhe este post com seus amigos e curta nossa página do Facebook.

Fonte: StarStock/ Imgur.