sábado, 19 de novembro de 2016

A Lucy de "As Crônicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa" cresceu. Veja como ela está com 21 anos!

“As Crônicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupas”, é um filme do gênero de fantasia, dirigido por Andrew Adamson e baseado no romance do escritor C.S. Lewis. Sua produção ficou a cargo da Walden Media e o filme foi distribuído pela Walt Disney Pictures. É a primeira parte da saga de filmes “As Crônica de Nárnia”, da Walden Media.
Seu lançamento na Europa e na América do Norte ocorreu em 09 de dezembro de 2005, e foi um sucesso de bilheteria. Ele também foi aclamado pela crítica e ganhou o Oscar de melhor maquiagem, entre outros prêmios. É o primeiro da série de filmes baseada nos livros. Um dos principais personagens era Lucy. Quem pode se esquecer de seu rosto doce e seus olhos brilhantes?
A crítica agraciou o filme com comentários muito positivos. A página Rotten Tomatoes, reportou 76% de avaliações positivas, baseada em 202 opiniões de críticos profissionais, com uma classificação de 6.9 de 10. O crítico Leonard Martin deu ao filme três estrelas de quatro, chamando-lhe de "um valioso e impressionante filme de família", embora também tenha dito, que "é um pouco lento e os efeitos especiais são extremamente variáveis ​​".
No subúrbio londrino de Finchley, os irmãos Provensie, Peter, Susan, Edmund e Lucy, estão em perigo devido a um ataque dos bombardeiros alemães na Segunda Guerra Mundial e são evacuados para o país de origem do Professor Digory Kirke, que não está acostumado com crianças em casa. É assim que o filme começa. Neste artigo, contamos como vai indo a vida de Lucy, talvez o personagem do mais cativante do filme.
A fantasia e a imaginação invadiram de vez o mundo do cinema com "As Crônicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa". Foi uma adaptação da popular obra de C.S. Lewis, na qual as crianças submergem em um mundo mágico para combater o Mal. Com este filme ambicioso, Andrew Adamson, o diretor da saga "Shrek", deixou a animação e estreou na direção com atores de carne e osso. Ele foi apoiado por um grande orçamento e efeitos especiais destinados a marcar época.
De acordo com Adamson, o ponto central deste conto é uma família lutando para sobreviver em um mundo misterioso, mas também com seus próprios problemas do mundo real. Além disso, este filme faz uma reflexão sobre o eterno dilema entre o Bem e o Mal. E isso é algo que sempre chega ao coração de todos.
Houve muitas comparações entre essa saga e outro mundo fantástico, conhecido como "O Senhor dos Anéis". Além disso, ambos os filmes têm algo mais em comum: sua espetacular conclusão, uma impressionante batalha final em que o Bem e o Mal se enfrentam de forma definitiva. Trata-se de uma cena que envolveu 800 extras, com a dificuldade adicional de que a maioria estava vestida com trajes complexos, encarnando as estranhas criaturas daqueles mundos de fantasia.
Para criar o mundo de Nárnia, Adamson precisava de um lugar distante, exótico e com um toque místico. Aparentemente, se acreditarmos na opinião de dois especialistas na área, os próprios Adamson e Peter Jackson, ambos, para piorar a situação, neozelandeses, este lugar existe. As duas sagas foram filmadas na Nova Zelândia. Continue lendo, para saber como está "Lucy" atualmente.
Georgina Helen Henley, conhecida como Georgie Henley, é uma atriz Inglesa, nascida em Ilkley, Yorkshire, em 9 de julho de 1995. Ela é muito conhecida por seu papel como Lucy Pevensie, na franquia das Crônicas de Nárnia, pela qual ela ganhou o Prêmio da Sociedade de Críticos de Cinema de Phoenix de melhor atriz jovem de elenco principal ou coadjuvante, por seu papel em 2005, com apenas 10 anos de idade.
Georgie Henley participou das três partes lançadas até o momento de As Crônicas de Nárnia: “O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa”, “Príncipe Caspian” e “A Viagem do Peregrino da Alvorada”. Sua irmã mais velha, Rachael Henley, interpreta a versão adulta de "Lucy Pevensie", no final do filme. Na página seguinte, você verá como essa menina está atualmente, com 21 anos de idade.
Com sua pouca idade, ela já escreveu dois livros: “The Snow Stag” e “The Pillar of Secrets”. Ela também modelou uma vez, na passarela de Alberta Ferretti, em 2011. Além disso, em 2011, ganhou o papel de Beth, no filme policial dramático "Duas Irmãs”, como uma das irmãs, compartilhando o set com Abigail Breslin, indicada ao Oscar. Em 2012, Henley foi também escolhida como atriz principal no filme “A irmandade da Noite”, no papel de Mary Warren.
Durante a sua estada na Universidade de Cambridge, Georgie participou de obras como "Sonhos de um Sedutor", de Woody Allen. Atualmente, em 2016, Henley está escrevendo e produzindo seu primeiro curta-metragem chamado "TIDE".

Se você gostou deste artigo, compartilhe-o artigo com seus familiares e amigos.
Fonte: Starstock/ Imgur