sexta-feira, 18 de novembro de 2016

As bizarras condições que Einstein impôs a sua primeira esposa para que continuassem casados



Albert Einstein é conhecido por muitas coisas, mas seu casamento com Mileva Marić não é uma delas.
Einstein e Mileva se casaram em 6 de janeiro de 1903 e tiveram três filhos: Lieserl Einstein, Hans Albert Einstein e Eduard Einstein. 11 anos depois, em 1914, o casamento começou a desmoronar.
Percebendo que não havia esperança para seu relacionamento em um nível romântico, Einstein propôs que o casal permanecesse junto apenas para o bem de seus filhos.
Uma decisão nobre, não fosse por uma certa “lista de condições” com as quais Mileva tinha que concordar para que a união continuasse de pé (a lista foi retirada do livro “Einstein – Sua Vida, Seu Universo”, por Walter Isaacson. No original, “Einstein: His Life and Universe”).
Confira a lista (do item A ao D):
A) Você vai se certificar:
1: que as minhas roupas (lavar e passar) sejam mantidas em boa ordem;
2: que eu receba minhas três refeições regularmente no meu quarto;
3: que o meu quarto e sala de estudo sejam mantidos limpos e, especialmente, que a minha mesa seja reservada para meu uso apenas.
B) Você vai renunciar a todas as relações pessoais comigo, na medida em que não são completamente necessárias por razões sociais. Especificamente, você vai renunciar:
1: que eu sente em casa com você;
2: que eu saia ou viaje com você.
C) Você vai obedecer os seguintes pontos nas suas relações comigo:
1: você não vai esperar qualquer intimidade de mim, nem vai me censurar de forma alguma;
2: você vai parar de falar comigo, se eu pedir;
3: você vai sair do meu quarto ou sala de estudo imediatamente, sem protesto, se eu pedir.
D) Você vai se comprometer a não menosprezar-me na frente de nossos filhos, seja através de palavras ou comportamento.*
Mileva aceitou as condições por um tempo, obviamente sem sucesso. Uma pena que Einstein não fosse inteligente o suficiente para criar uma equação que calculasse a rapidez com que estes tipos de exigências iriam por água abaixo, ou ele saberia que nunca funcionariam.
Poucos meses depois, ela deixou o marido em Berlim (Alemanha) e mudou-se com os seus filhos para Zurique (Suíça). Cinco anos depois, já vivendo separados, o casal finalmente se divorciou, em 1919.[Jezebel, ListOfNote]
*A lista foi traduzida para esse artigo através da versão em inglês de “Einstein: His Life and Universe”, e não retirada da versão em português “Einstein – Sua vida, Seu Universo”.