sábado, 19 de novembro de 2016

O mistério da modelo que não envelhece

Todos nós conhecemos pessoas que parecem ter muito menos idade do que têm. É um fenômeno natural sempre atribuído a fatores estéticos. Se uma pessoa está em boa forma, não é careca e não tem cabelos grisalhos, automaticamente parece mais jovem. Porém um novo estudo, publicado na revista Proceedings, da Academia Nacional de Ciências, mostra que há pessoas que realmente não envelhecem ou o fazem muito mais lentamente.
Os pesquisadores fixaram 18 marcadores que, segundo demonstraram estudos anteriores, se constituem nas principais mostras de envelhecimento: pressão arterial, capacidade de respiração, níveis de colesterol, índices de massa corporal, inflamação, integridade dos telômeros...
Clique em "Página seguinte" para ver o resto do conteúdo do post.
Se você já ouviu falar da juventude eterna, tenho certeza então que também já ouviu falar da fonte da juventude. A fonte da juventude, símbolo da imortalidade, é uma fonte lendária que supostamente cura e devolve a juventude a quem beber de suas águas ou tomar banho nelas. A primeira referência conhecida do mito de uma fonte da juventude está no terceiro livro das histórias de Heródoto, do século IV a.C.
No Evangelho de João, conta-se o episódio do tanque de Betesda, em Jerusalém, onde Jesus realizou o milagre da cura de um homem aparentemente paralítico. No entanto, além da intervenção de Jesus, o texto afirma claramente que anteriormente havia uma crença nas propriedades curativas destas águas e de uma prática ritual de submergir-se nelas. 
A eterna juventude parece existir, mesmo que apenas para uma única pessoa, Apasra Hongsakula. Essa mulher nasceu em 19 de janeiro de 1947, na Tailândia. Ela foi a primeira representante da Tailândia a ser coroada Miss Universo, em 24 de julho de 1965, em Miami, nos Estados Unidos. Foi apelidada na adolescência de "Pook", "Gorda", por sua mãe, por ela ter sido um bebê gordinho. Depois de ser coroada Miss Tailândia, no início de 1965, foi preparada para disputar o Miss Universo pessoalmente por Sua Majestade, a Rainha da Tailândia, Sirikit.
Suas melhores qualidades eram a elegância natural, uma pele de porcelana e a serenidade da realeza. Desde que chegou a Miami, viveu em um protocolo real, demonstrado por sua posição, beleza e guarda-roupas excelente. Ela conquistou o público e os jurados com sua beleza exótica e com os costumes de realeza da Tailândia, fora do estereótipo latino ou caucasiano que dominavam o Miss Universo.
Depois de coroar sua sucessora, Apasra voltou para a Tailândia e se casou com um primo da rainha Sirikit, um milionário, dono de um centro comercial. Este casamento, que gerou um filho, terminou em divórcio. Mais tarde, nomeada como embaixadora da cultura pelo Ministério da Autoridade de Turismo da Tailândia, ainda é uma figura reverenciada em seu país, como um membro da família real, e está sempre envolvida em campanhas que oferecem benefícios para as populações economicamente mais vulneráveis.
Ela voltou a ter contato com o Miss Universo duas vezes, como jurada das edições de 1973, em Atenas e de 1979, em Perth, na Austrália. Apesar de tudo isso, a fama lhe veio por causa de uma fotografia publicada na rede onde ela não parece ter envelhecido.
Sua aparência jovem gerou uma onda de comentários nas redes. Algumas teorias sugerem que seria devida a muitas cirurgias estéticas e tratamentos antirrugas, mas outros rejeitam tais teorias. O representante de Apsara negou que a modelo tenha recorrido a qualquer tipo de terapia de rejuvenescimento estranho e caro, e afirmou que a única coisa que mudou foi seu cabelo.
Apasra disse em um comunicado que tem aparência jovem porque mantém uma vida saudável, baseada em boa nutrição e exercícios físicos diários. Apasra tem o seu próprio spa em Bangkok.
Fonte: Starstock / Imgur